Alive Stencil

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Making the Invisible Visible

Boas!


Hoje venho-vos mostrar um projecto desenvolvido por um colectivo de arte urbana alemã, os Mentalgassi, em conjunto com a Amnistia Internacional. Este projecto chama-se "Making the Invisible Visible", um projecto que visa a divulgação da controversa sentença de morte de Troy Davis.


Antes de mais deixo-vos aqui o link do blog,  The Storytales of a Cool Gang, de uma grande amiga minha que já me tinha falado há algum tempo desta situação do Troy Davis. Thanks Paty!

Troy Davis está no corredor da morte há 19 anos, apesar das sérias dúvidas em relação à sua condenação, devido a isso mesmo existe uma organização de apoio para a libertação de Troy Davis, I Am Troy Davis.
Estes artistas criaram uma peça de arte urbana com uma espectacular particularidade. De frente apenas é possível observarmos barras, porém, se virmos "de outro prisma" conseguimos ver a cara de Troy Davis.


Deixo-vos então um pequeno vídeo da criação da obra:

5 comentários:

  1. oh vi isto ha algum tempo e juro que ontem comecei a escrever um post pa fazer sobre ele, e sobre este projecto :S seu bitch

    ResponderEliminar
  2. Brutaaaall!!
    ass: Saraah

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Sara ;)

    Sorry Natty!
    Eu tive conhecimento disto no fim-de-semana, mas optei por só publicar hoje por causa da Rima do dia.
    Mas escreve à mesma e deixa o link do teu post aqui nos comentários, assim o pessoal que costuma cá vir dá um salto ao teu também ;)

    ResponderEliminar
  4. seu copy cat da street :P ahah eu vi na semana passada mas ainda n tinha tido tempo pa escrever :)

    ResponderEliminar
  5. fico contente que te tenha inspirado e sensibilizado para a situação tão injusta e complicada do Troy Davis.
    Conheço devido ao Richard Hughes, baterista dos keane para quem não sabe, que é um grande defensor da causa e inclusivé já o visitou na cadeia.
    Diz-se muita coisa, uma que Davis estava no sítio errado à hora errada outra que Davis nem estava no local do crime.
    É uma causa que eu apoio, e não o escondo. Já publiquei e falei bastante sobre ele e sobre a sua causa.
    Por causas como ele é que vale a pena lutar!

    PS Obrigada pela publicidade (:

    ResponderEliminar